Lançamento oficial em São Paulo dá a largada para a temporada 2017 da F-3

A luz verde para a primeira corrida acenderá na manhã de sábado, em Curitiba, mas a largada para a temporada 2017 da F-3 Brasil foi dada na noite da última segunda-feira (13). Dirigentes, chefes de equipe, pilotos, jornalistas e entusiastas do automobilismo lotaram a sede da Pilotech, em São Paulo, que promoveu o lançamento oficial do campeonato para convidados.

Um dos incentivadores dessa nova fase da categoria, Waldner Bernardo, o Dadai, presidente eleito da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), foi uma das presenças ilustres do encontro. Ele aproveitou o lançamento para explicar a participação da entidade, em conjunto com a Associação Nacional de Equipes de Fórmula (Anef), para a criação da F-3 Academy, divisão especialmente criada para a formação de pilotos.

"Esse projeto se complementa com as escolinhas de kart e vai dar ao jovem piloto a condição de progredir, na pista e fora dela, com estrutura compatível ao que já existe na Europa para as categorias de monoposto. Vai aumentar a base, formando-os adequadamente. Estamos trabalhando juntos para criar uma nova história para o automobilismo nacional”, destacou Dadai.

O fomento da F-3 Academy também tem o apoio da Pilotech, centro de treinamento referência em automobilismo no Brasil, que vai franquear os serviços de treinamento físico, psicológico e simuladores aos competidores da nova classe de entrada.

Já a divisão principal tem seis times confirmados e expectativa de reunir 14 pilotos na etapa de abertura, nos dias 17 e 18 de março, em Curitiba. "A F-3 é a principal escola do automobilismo nacional. Estamos recriando a categoria, para fortalecer essa base que é tão enraizada no Brasil. Os pilotos vão encontrar toda a estrutura necessária para que se desenvolvam. Será um ensinamento vital para poder competir em condições de ter sucesso e ganhar corridas durante a carreira”, avaliou Augusto Cesário, presidente da Anef.

Cada etapa da temporada 2017 terá duas sessões de treinos livres, uma qualificatória e duas corridas de 30 minutos mais uma volta – totalizando cerca de 3 horas de atividades de pista. 

Para garantir equilíbrio de forças e aumento de competitividade, os carros são equalizados na parte mecânica. Com o uso de um dinamômetro de precisão, os motores ficam com a mesma potência – 250HP para F-3 Brasil e 220HP para F-3 Academy. Das oito provas do calendário, seis serão evento suporte da Porsche Império GT3 Cup.

 

F-3 – Calendário 2017:

1  Curitiba – 17 e 18.mar

2  Interlagos – 5 e 6.mai

3  Velo Città – 2 e 3.jun

4  Goiânia – 30.jun e 1.jul

5  Santa Cruz do Sul – 18 e 19.ago

6  Londrina – 15 e 16.set

7  Curitiba – 6 e 7.out

8  Interlagos – 1 e 2.dez 

 

F-3 – Equipes confirmadas:

Hitech F-3

PropCar

Cesário F-3

Dragão Motorsport

Eng Makers Motorsport

Full Time